O treino de peito é um dos dias mais esperados da semana. Região favorita de 4 entre 5 fisiculturistas, o peito é dividido em duas partes.

A parte clavicular ou superior, e a parte externa ou inferior.

treino-de-peito-como-fazer

A parte superior está presa à clavícula. Ele se liga ao esterno sobre o meio do corpo, e também à caixa torácica.

A parte inferior se liga ao osso do braço, logo acima de onde os deltoides se ligam ao osso do braço (também chamado de úmero). Em seguida, anexo à caixa torácica no centro, e através do deltoide. A função desta parte é basicamente puxar o braço e o ombro pela frente do corpo.

Agora que você entendeu um pouco da anatomia desses músculos, vamos às dicas!

Dicas para seu treino de peito na academia

– Reserve um dia inteiro da semana para o treino de peito, mesmo que você tenha dois dias de descanso. Assim você pode focar no crescimento deste músculo e adicionar variações.

– Sempre inclua inclinações no seu treino de supino. Alguns especialistas dizem que treinos inclinados rendem mais do que os planos. Principalmente se você quiser a parte superior bem desenvolvida e simétrica.

treino-de-peito-peso

– Aqueça com meticulosidade. Não faça apenas alguns minutos na esteira, ou algumas repetições com a barra. Disponha tempo para um aquecimento apropriado, e vá subindo o peso aos poucos.

– Faça variações de pegada para trabalhar o grupo muscular por completo.

– Se você está estacionado em uma carga de peso e número de repetições, tente descobrir aonde está sua fraqueza. Na parte baixa, ou alta do movimento. Existem técnicas especiais para cada etapa que podem melhorar sua performance.

– O trabalho no tríceps está ligado ao trabalho no peito. Se seus tríceps estão fracos, você pode sentir fadiga antes de trabalhar por completo o peito. Não deixa o treino de tríceps de fora da rotina semanal.

treino-de-peito-dicas

– Use o maior número de equipamentos e posições possíveis. Além de acelerar sua evolução, vai deixar a rotina de treinos mais desafiantes e divertida.

– Preste atenção no tempo de cada exercício. Treinar não é apostar corrida, nem tentar terminar o mais rápido possível as séries. Cada exercício tem seu timing próprio.

POSTS RELACIONADOS

Cozinha Fitness – Receita de Massa com Salmão e Abobrinha
Cozinha Fitness - Receita de Massa com Salmão e Abobrinha
5 super comidas para combater a inflamação
5 super comidas para combater a inflamação
5 razões para você fazer agachamentos na academia
5 razões para você fazer agachamentos na academia